24 de junho de 2008

Uma música especial

Comprei hoje o meu segundo cd de música portuguesa!!!!! É dos Pólo Norte e chama-se "15 Anos" (o primeiro e único foi o dos Humanos).
Sinceramente não conheço a banda, mas adoro uma canção chamada "Pele" e foi essa a razão do capricho por detrás do agarrar o cd e trazê-lo para casa. E também confesso que nunca parei para apreciar a letra (acontece-me muito com música em português não perceber palavras e não me deter para tentar chegar ao sentido). Por isso, gostando da canção, gostando dos pedaços que dizem que a vida está tatuada na pele (ideia que partilho), lá trouxe o cd.
Ora, como não conheço a banda, abri o YouTube para ver se havia algum vídeo, qualquer coisa que me fizesse visualizar banda e canção. Não achei nada disso. Encontrei esta montagem que me diz que os Pólo Norte escreveram esta canção contra a violência doméstica.
Estou mais ou menos perplexa.
Primeiro porque eu pensava tratar-se de uma canção sobre percursos de vida de encontros e desencontros e até pensei que me podia identificar com certas coisas como as que nos dizem que nos escrevem na pele. Associei isso a quem passa por nós, pelos nossos cruzamentos e caminhos e nos marca mesmo que ao de leve.
Afinal é uma canção bonita sobre coisas feias, coisas com que não me posso identificar, mas que "tatuam" e marcam muita gente. Sim, fiquei surpreendida por na minha incapacidade de ouvir música em português, me deparar com mensagens que não julgava estarem contidas em coisas tão simples de falar.
Vou ouvir o cd e ler as letras. Acho que estou a gostar de Pólo Norte. E, pelos vistos, demorei 15 anos a chegar aqui!
Oh well, better late than never...

29 comentários:

quinttarantino disse...

Nada como o prazer da descoberta ... vá lá, demoraste quinze anos a chegar aos Pólo Norte (que não aprecio por aí além) mas estás a apreciar a lírica ... vá lá, vá lá ... ainda há esperança que comeces a gostar daquele australiano de que tanto te falo!

Gostei de algumas das expressões que usaste no texto nomeadamente no que concerne à vida tatuada na pele. E é verdade, especialmente no que ao povo com ela crestada!

Carol disse...

Curiosamente, também gosto dessa música dos Pólo Norte e, mais curioso ainda, fiz exactamente a mesma interpretação que tu...

Blondewithaphd disse...

Pronto, lá tinha de vir Mr. Quinn discuss my music taste!! Também não me podias fazer a vontade e gostar dos Pólo Norte????? Já vou na faixa 13 e afinal, há ali coisas que eu já tinha ouvido, mas nunca tinha prestado atenção (dummkopf blondin!)

Blondewithaphd disse...

Join the club Carol! Estive a ler a letra com atenção e mantenho a minha interpretação. Dá para muitas visões. A deles é certamente digna de registo.

quinttarantino disse...

I like that "dummkopf blondin" ... but what I meant was there is always hope.

Of course we can also say that even in those things we hear and see every day and that we don't care for, there can be great discoveries to be done.

But I sure liked the "dummkopf blondin" and that I know what it means!

António de Almeida disse...

-Sei onde fica o Polo Norte, embora nunca lá tenha ido, agora quem diabo são os Polo Norte?

Blondewithaphd disse...

Keep laughin' Quinn!! Keep laughin'!

Blondewithaphd disse...

Dear Antonio de Almeida,
Também há o "Polilon"!! :) Nada de mais, eu também não sabia quem eles eram e sobrevivi;)

Tiago R Cardoso disse...

Também aprecio, mas era capaz de te recomendar uma montanha de portugueses para tu comprares.

antonio disse...

Para começar recomendo-te o curso de música do El Corte Inglés... bem, talvez não faça o teu género.

Depois, tu tens uma certa assiduidade na leitura de escritas de qualidade duvidosa... pelo menos a julgar pelas visitas que me fazes. ;)

Um bocado piegas esses Polo Norte, não achas?

Blondewithaphd disse...

Força aí Tiago (desde que não seja Tony Carreira!)!

Blondewithaphd disse...

Dear António,
Também já fiz cursos de música de sobra;)
Leituras duvidosas?! Naaa... Talentos escondidos que estão mortinhos para sair da casca mas muito castradinhos talvez.
Piegas? Sim, gostei de duas canções no cd: a que eu já conhecia e uma outra que é qualquer coisa como "Mundo a girar" ou algo assim.

quinttarantino disse...

Miss ... the machine, even rusty, still is the machine ... but they had to sweat and call for all the gods!

You want to now about portuguese musicians?
Which kind?
Gaiteiros de Lisboa and Deolinda would be good?
Joel Xavier?

Blondewithaphd disse...

Joel Xavier?! Então esse não é o que joga à bola?!

NuNo_R disse...

Boa compra!
:)

Bjs

Carol disse...

Ó mulher, o da bola é o Abel Xavier (um cabelo muito loiro oxigenado)!

O Joel é mais guitarra e menos cabelo.

Eu, por mim, recomendo Ana Moura, Camané, Clã ( têm uma música linda, chamada "O Sopro do Coração", género piegas como diz o nosso amigo António) entre outros.

Carol disse...

P.S.: Domingo sou alemã...

Blondewithaphd disse...

Obrigada Nuno!

Blondewithaphd disse...

Carol,
És uma querida em dar-me tantas sugestões, mas confesso que não sou lá grande apreciadora de música portuguesa. Não entendo nada de fado, sei que os Clã têm agora uma nova canção mais mexida, cujo nome não me lembro, mas essa aí do coração não faz muito o meu género. Acho mesmo que sou um caso perdido!!

Sabes que eu, apesar de tudo, não me importava de ver a Espanha ganhar o Euro. Os alemães já levaram o título muitas vezes e não jogaram nada de jeito, por isso, entre uma selecção e outra... Enfim, para todos os efeitos vou torcer pela Alemanha, mas...

quinttarantino disse...

Ó camandro ... confundir-me o Joel com o Abel ... pois, deve ser mesmo do calor!
E, já agora, ó minha Blonde do catano tu não me sabes que d Espanha nem bom vento, nem bom casamento?
Vai-se lá agora querer que os tipos levem a taça, para depois ninguém os calar lá com os "golazos" para aqui, "golazos" para ali ...

Rita disse...

A maior parte dos CDs que comprei no último ano de musica portuguesa...:) Jorge Palma ao vivo, Xaile, Donna Maria e... A Naifa. Um abraço**

Carol disse...

Amiga, gostos não se discutem e, assim como goste que respeitem os meus, respeito os dos outros. Há certas coisas em que não há casos perdidos.

Joaninha disse...

Não é tudo negro no panorama musical portugues. Mas maior parte é:)

Olha quanto ao assunto da musica. Espero que nunca te identifiques com o assunto. MAs acredita que está sempre muito mais perto da nossa porta do que pensamos. Eu tb não me identificava, até ao dia em que tive de me identificar.
(não foi comigo, mas foi quase como se fosse)

Blondewithaphd disse...

Ó Quinn,
Ainda bem que a taça foi para nuestros hermanos! Acho que não acreditas, mas cá vai: eu estava pela Espanha!!! (a malta é mononeuronal e loura, mas ainda tem olhos para ver o Fernando Torres (madre de Dios!!) e saber quem joga melhor;)

Blondewithaphd disse...

Dear Rita,
Benvinda aqui ao burgo! E desses todos só conheço mesmo o Jorge Palma (mas só de nome!). Eu sei, eu sei, é munta inguenorância!

Blondewithaphd disse...

Joaninha,
Sábias palavras mulher, só que não percebi bem... ;)
Eu, tu, quem é que se vai identificar?!

Blondewithaphd disse...

Ah, espera!!! Acho que o neurónio deu acordo de si!!

Joaninha,
Referias-te à letra da canção dos Pólo Norte, não era? (desculpa, é que me deu mais um ataque imprevisível de lourice, sorry).

quinttarantino disse...

Olha, olha ... una guapacita enamorada de El Nino!

Joaninha disse...

Blonde,

estás perdoada, de uma loira para outra ;)