12 de junho de 2009

Pai de Blonde e Cabelos em Pé


Mini excerto de diálogo de surdos entre Blonde ao volante e Pai alemão na grande capital da República:
- Vira Filha!
- Onde Pai?
- Era ali atrás! Ali! Então não viste?
- O Pai não disse onde era!
- Então não disse? Vai segue! Segue e vira lá à frente!
- À frente aonde!
- À frente! Não estás a ver?
- Não Pai! O Pai tem de dizer esquerda ou direita! Assim não me entendo!
- Vai, aqui nesta agora! Não Filha, era ali! - Pai de Blonde esbraceja e olha para trás na incredulidade.
- Mas ali onde?
- Vai segue, agora tens de ir em frente!
- Ó Pai, eu não sei onde estamos! Agora viro onde?
- P'ra cima!
- Esquerda?
- P'ra cima, não te estou a dizer?
- 'Tá bem, então é esquerda. E agora?
- Pois, deixa-me cá ver...
- Ó Pai, eu estou no meio do cruzamento! É p'ra virar para que lado?
- Olha segue! Ó, então estás a entrar na CRIL?
- O quê, Pai?!
E isto é o homem que me ensinou a conduzir aos 16 porque desconfiava que em Portugal me fossem dar uma carta da Farinha Amparo! Ai... Uma volta ao Estádio da Luz, uma entrada na CRIL com saída em Odivelas (acho, mas não há certezas), duas vezes no Eixo Norte-Sul e quinhentas ruas depois, Blonde atina no caminho. Versão do Pai: esta minha Filha não tem mesmo sentido de orientação nenhum! Versão de Blonde: mas porque é que eu não segui à minha maneira?

9 comentários:

antonio - o implume disse...

O eterno conflito de gerações!

Embora as mulheres não tenham qualquer sentido de orientação... senão não casavam connosco!

Ferreira-Pinto disse...

Bom, tirando o facto daqui o rapaz desconfiar que isso é bem capaz de ter sido mais fruto de uma vontade repentina de passar em frente àquela coisa chamada qualquer coisa da Luz a ver se o menino Jesus já chegara, tenho para mim que isso vai lá com a aquisição de um GPS!

Fernando Vasconcelos disse...

LOL ... Deu para rever certas situações que me são familiares e há muito que não me ria tanto. Quanto à Luz a desorientação é endémica sabem disso não?

joshua disse...

O Vater tinha o sol a dar-lhe em cheio na face. De resto, como poderia ser de essa vez infalível com tanto ozono ao nível do solo lisboeta?! Vater ist tugend und verschwiegenheit.

Eu Mesma! disse...

o eterno conflito entre homens e mulheres...

transversal a gerações!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O eterrno dilema: seguir as opiniões do pendura ou o nosso instinto?

Joaninha disse...

Loira,

a proxima vez que te perderes nas imediações do estádio da luz, telefona, vamos tomar um café e eu explico-te melhor caminho para saires dali depressa :)

beijos

Zana disse...

...E Gott Sei Danke, que as ordens não foram dadas em Alemão!!!

:::Deixa que com o meu, que é só Pai e não Vater, é exactly o mesmo!!

São situações que contribuem para o nosso aprimoramento, nomeadamente a nossa "Paciência" e "Capacidade de Encaixe" perante quem nos contraria e não nos responde com a doçura e amabilidade que esperaríamos...

...E maybe,( pela ordem natural da Vida), um dia ainda vamos relembrar estes diálogos com carinho!

(Delicious text to read! The reading part of my grey cells were delighted!!)

joshua disse...

Esta tua Zana é espirituosa e inteligente como tu, Blonde.

Será espiritualmente densa como Mandela e socialmente sensível como o António Implume?! Fica a quaestio.