31 de julho de 2009

De partida!

Finalmente! Estava a ver que nunca mais!
Parto amanhã, bem de manhã (e ó céus qu' isto é suposto ser férias!). Nem sei que malas hei-de fazer. Pelo sim, pelo não, a P, sem cuja existência a minha seria um autêntico suicídio doméstico, trouxe-me um avio de pimentos, abrunhos, tomates, pêras e já nem sei que mais. Tem medo que eu não me alimente como deve ser e também suspeito que está a achar que eu vou fazer umas férias malucas:
- Ai esta Blondita é mesmo apanhada do clima. - Deve pensar em tom comiserativo para com a minha pessoa loura.
Já eu penso:
- Deuses de Walhalla, o que é que eu vou fazer com isto tudo?
A minha família próxima e amigos também sabem dos planos. Chovem sms hilariantes. E do outro lado da linha, o Pai dá os seus palpites:
- Vais apanhar trânsito!
- Pai, eu vou na direcção oposta ao trânsito.
- Não interessa! E vais apanhar calor.
- Pai, o ar condicionado...
- Não importa. Eu fui à net e dão calor!
Desisto. Esqueço-me que o Pai se esquece que eu tenho mais do dobro da idade que ele pensa que eu tenho. Enfim, resigno-me ao tempo das trancinhas louras.
Mal posso esperar (e fazer figas para haver net)!
Bem, deixa-me ir fazer as malas.

8 comentários:

Abobrinha disse...

Boas férias, linda. Em boa companhia: contigo mesma! Eu ainda vou à parte II em Setembro. Agosto é para ficar a bulir.

Tina disse...

não te esqueças da máquina de filmar!
bjs

Pedro Lopes disse...

quando menos te aperceberes até vais achar que o avio de pimentos, abrunhos, tomates, pêras e não sei que mais, se fosse maior, tinha dado jeito! he he he

olha a cena:
no remanso de um canto qualquer
um tempo de paz e calma
trincar uma pêra quando dá a fome
enquanto olhas água ao longe
ou te inunda a luz boa do luar

boas férias! férias boas!

Daniel Santos disse...

Pois... Ir de férias é complicado, dá muito trabalho.

Chinook disse...

Pois é minha cara. Férias, tão antecipadas e depois, por vezes, tão stressantes que uma pessoa precisa de voltar para recuperar das férias.

Mas lá no fundo são essenciais para garantir que não estamos só ligados ao nosso trabalho e ao nosso dia a dia. Mudar ares e mudar espaços fazem parte do sem número de elementos essenciais para garantir a nossa sanidade nos meses em que o trabalho segue de dia para dia.

No fundo, mesmo que nada faça, adoro férias para quebrar a rotina e só fazer o que quero, mesmo que seja o mesmo que faço no dia a dia mas com o resto retirado.

Boas férias e que o sol te sorria mesmo com todos os contextos paternos.

antonio - o implume disse...

Pensei que uma Blonde só fazia férias de avião...

antonio - o implume disse...

Pensei que uma Blonde só fazia férias de avião...

Ferreira-Pinto disse...

Como está um post acima, mais recente, é de presumir que não te tenhas perdido.