3 de dezembro de 2009

Para memória futura

Apanhei esta aqui há dias e, não sabendo onde a guardar mas não me querendo esquecer, remeto-a ao blog:

"Aproveitamento de solidões alheias".

7 comentários:

Eu Mesma! disse...

eis uma bela frase :)

Ferreira-Pinto disse...

Para que fim?

antonio - o implume disse...

Pode ser um projecto de vida, mas para isso temos que saber o que fazer, sem ser remeter para o blog...

Goldfish disse...

"Solidões" é uma palavra bonita, sim senhora! E a frase, críptica, misteriosa... Bem remetida.

Pedro Lopes disse...

se está entre " ", será de alguém
de quem
eu e o respeito pelas fontes, as referências
não ligues
estou a corrigir uma tese e são impactos de deficiência profissional
ah ah, deficiência :-)
não me chegava deformação, tinha que ir buscar deficiência!
o aluno é que paga, o outro era o corpo, no caso vai ser a tese :-)

zana dias disse...

"Aproveitamentos": só aprecio os da comida que sobra, que podem fazer maravilhas!
"De solidões alheias": muito mau tirarmos qualquer partido dos males dos outros!
Return to sender, definitely!

Chinook disse...

O sol nasce para todos, mesmo para os que se aproveitam das solidões dos outros (mas esses não merecem mesmo a minha atenção, a menos que seja para lhes dar um chapadão).

Beijos