16 de fevereiro de 2010

Delicious Blonde Banana Pancakes

No Domingo deram-me panquecas ao almoço. Óptimas! Melhor que isso, eu vi (live in technicolor) fazer as panquecas, ali mesmo à frente do meu nariz, e percebi que usando o método das três figideiras anti-derrapantes (ok, eu sei que não é anti-derrapantes, mas escapa-me o nome técnico) a coisa sai impec. Vai daí, ontem deu-me para fazer panquecas! O problema é que eu só tenho uma frigideira anti-derrapante. Também não tenho uma espátula de madeira, mas tenho quatro colheres de pau, portanto alguma coisa havia de se arranjar ou não fosse eu muuuuito desenrascada.
Lembrei-me das panquecas de banana americanas, daquelas de massa fofa com a banana super derretida e a escorrer caramelo, hummmmmm. Já estão a adivinhar, não é? Pois... Inventei. Fiz a receita de massa mais espectacular do mundo, e quando ia a fazer as minhas ricas panquecas entornei a massa pelo fogão abaixo, no chão, no lava-loiça, na bancada e, claro, por mim abaixo. Mas não esmoreci! Ó não! A massa que ficou no recipiente ainda deu para quatro panquecas e eu consolei-me com as melhores panquecas do universo.
Cá vai a receita:

Para a massa:
- Farinha sem fermento (a olho)
- três colheres de açúcar louro (comme moi!)
- 1 pacote de 200ml de leite
- 1 iogurte natural
- 1 ovo
- 1 colher de café de fermento em pó

Para o molho:
- 1 banana
- sumo e raspa de 1 limão
- três colheres de sopa de mel
- 1 colher de sopa de açúcar louro

1º - No copo misturador bater todos os ingredientes para a massa até esta ficar aveludada mas bastante líquida.
2º - Passar azeite em spray ou um guardanapo embebido em azeite pelo fundo da frigideira e fazer as panquecas.
3º - Num recipiente de ir ao lume (eu usei a mesma frigideira onde fiz as panquecas) deitar o sumo de limão e a raspa, o mel e o açúcar e deixar apurar em lume brando, mexendo sempre, até começar a espessar. Depois deitar no molho a banana cortada em rodelas e deixar caramelizar.
4º - Servir as panquecas enroladas no molho de banana e acompanhar com café fumegante.

Nirvana!

P.S. - Desta vez não ponho foto porque as panquecas ficaram mais tortas do que as coisas tortas (também ligeiramente queimadas nas extremidades mas isso é só porque ainda não apurei a técnica!).

13 comentários:

Pedro Lopes disse...

anti-aderentes
não conheço o método das 3 frigideiras (isso é o quê? podias explicar, já agora, se viste live e a cores, a malta agradece)

para não queimar eu uso lume brando, no fogão eléctrico coloco na escala de 6 ou 7 (de 1 a 9); no 6 demoram um pouco mais mas têm tendência a ficar mais louras sem queimar, no 7 cozem mais depressa mas saem um pouco mais tostadas; em fogão a gás lembro-me que era um sarilho acertar com a intensidade da chama

Goldfish disse...

O termo técnico será... anti-aderente? E porquê 3 frigideiras? Eu costumo conseguir fazê-las usando apenas uma, mas digo-te que esse molho deve ser de comer e chorar por mais. No fim-de-semana já há lanche programado...

Daniel Santos disse...

fiquei com fome.

Eu Mesma! disse...

bem...
ja e o segundo blogue que cusco que fala em comida e eu cheia de fome...

ai o caraças...

zana dias disse...

Acho que não me lembro de não ouvir falar de panquecas e não desejar comer uma... ou algumas!
Quanto ao material de que são feitas as frigideiras anti-aderentes é que tenho algumas dúvidas...serão só benefícios?!

Mas acho que se forem "anti-derrapantes" também não é bom, porque as panquecas devem mesmo derrapar e dar muitas cambalhotas!

Ältere Leute disse...

Typisch Blonde!!! Geleia, bolo de anos, panquecas... ela não desiste NUNCA ! Suja o fogão, entorna as massas,tropeça, mas não esmorece ! Inventa e reinventa, substitui, aperfeiçoa...POR ISSO ESTÁ ONDE ESTÁ ! ( Ontem encontrei o primeiro relatório de autoav. form. - longínquo Dez de '94 - e sorri... Adoptei-a, sabe ? A menina é o grande símbolo daquela minha "beloved career" cujo espólio material ( duma época quase sem tecnologias ) foi ontem para o lixo.)
Lecker... as panquecas!

Chinook disse...

Minha cara, panquecas não é mesmo o meu forte.

Prefiro fazer uma excelente tarte de maça e deliciar-me com um chá (Keemum poderá ser uma hipótese).

Kisses

Ferreira-Pinto disse...

Banana Pancakes? O Jack Johnson percebe disso!

António de Almeida disse...

Eu é que não experimento fazer nada disso, era capaz de ter resultados mais desastrosos que a Blonde. Gosto, mas prefiro não as comer em casa, é que já tenho vivido algumas experiências não muito agradáveis...

Alexandre disse...

Eu cá, é mais crepes: 250g de farinha, 3 ovos grandes, uma pitada de sal, um colher de sopa de óleo e meio litro de leite... ;)

A Luz A Sombra disse...

Juro que estas "panquecas" me fizeram fome.
Houve tempo em que não resistia ao pensamento de que elas existiam, tinha de travar o apetite.
Ai se são boas! São de comer e chorar por mais.
Boa semana Blonde
Bj
Maria

mdsol disse...

Eh eh eh eh

Podia acontecer-me...
Grande Blonde! É assim mesmo...

Beijinhos

:))

Turmalina disse...

Que delícia!!!
Pode virá-las com a ajuda de um prato(ou dois)...costuma dar certo...
Faz tempo que não faço panquecas por aqui.No final de semana que vem devo fazê-las para o café da manhã :o)
Bjos