8 de março de 2010

O PM em directo e o PEC

Acontece que estou na cozinha, gozando-me da minha nova net móvel. Acontece que é hora de telejornais. Acontece que o PM se dirige à nação. Acontece que vou escrever um post em directo.

Que náusea!

- Só há impostos para quem aufere rendimentos acima de 150.000euros/ano, ok a Leste nada de novo. Quem em seu juízo declara esse tipo de rendimentos para se habilitar a uma talhada de 45%?

- As grandes obras públicas vão ser adiadas, ok agora é que a oposição vai embandeirar em arco.

- Não há aumentos salariais, fixe, comece pelo dele.

- Estamos em crise, olha a novidade.

Enfim, vou desligar o pc, mudar de canal, jantar e fazer coisas mais interessantes do que ouvir o arengado político que nada, absolutamente nada, acrescenta a nada, por sinal.

Fui!

6 comentários:

antonio - o implume disse...

Jovem, os trabalhadores por conta de outrem não têm opção... infelizmente quem declara 150.000 é um trabalhador por conta de outrem muito especial!

Daniel Santos disse...

ficámos sem saber o que estavas a cozinhar.

Ana Campos disse...

As noticias são sempre as mesmas.
Para quê ver.
Se ligar a televisão, para as ver, daqui a um mês é igual, é como as novelas.
Só tretas.

António de Almeida disse...

Não vi, quando cheguei a casa já passava das 9, nem tão pouco vi o resumo, fui directo para o dr House na Fox, guardando o PEC para o Prós & Contras...

zana dias disse...

Se fazes mais directos destes, não tarda que a Antena 1 te caçe para relatares jogos de futebol!

Goooollllllooooo!

Chinook disse...

mas os políticos são os que nós elegemos... todos eles sem excepção...

e há muito que não dizem nada de novo...

O jantar é sempre preferível.

Beijos