8 de maio de 2010

Cheers - Aquele bar (e aquelas memórias)

O dia amanheceu farrusco: húmido, frio, de cara triste, tão triste que não parece Sábado, não parece Maio, não dá vontade de fazer nada. Preguiço em frente à televisão com a mug de café na mão, o pijama vestido e a pouca vontade de fazer seja o que for. E ei-lo. Algures na RTP Memória, um canal cuja mera existência eu sempre desdenhei. Até hoje.

Eu adorava o "Cheers". Eu já nem me lembrava que alguma vez o "Cheers" tivesse existido. E, de repente, ali estou eu em viagem a um passado que tão boas memórias me traz. Não havia pcs, ipods, mp3s, cds, dvds, havia leitores de cassetes que eu encostava à televisão e gravava coisas. Uma delas, a música do "Cheers", que, mecanicamente, me saiu dos lábios enquanto eu estava pasma a ver o genérico de uma série dos anos 80 em plena segunda década do novo milénio. Depois da música gravada fiz dois ou três rewinds e escrevi a letra da canção. Pronto, já podia cantarolar "... where everybody knows your name, and they're always glad you came..." Eu teria quê? Dez, doze anos, não mais. Meu Deus, já passou isto tudo?