27 de setembro de 2010

Esta gaita de marchar para a capital...

Uma tipa está três dias sem ir à cidade grande e ora cá vai disto: um mono gigante na gloriosa 2ª Circular e não me estampei com olhos esbugalhados nem sei como! Coisa mais pindérica! Um Opel janado em tamanho monstro a atravessar a dita cuja Circular. Pasmo no pasmo de aquilo não ter provocado nenhum acidente. Opel, pois... A malta lá diz que jeder Popel fährt 'ne Opel por alguma coisa deve ser...

Metros (assim mais para uns quilómetros) à frente, operação stop em Monsanto. Desvio para dentro de uma área de serviço, faltam vinte minutos para a minha aula. Apetece-me esfanicar o agente. Quer ver os documentos. Ok. quer ver o comprovativo do imposto de circulação. Loura esfalfa-se a procurar o raio do papel.
- Também, se não tiver aí não faz mal. Os impostos é que podem reclamar.
- Ó sim, com o que eu lhes pago bem podem reclamar! - Apetece-me dizer mas calo-me. - Eu ia jurar que tenho o papel para aqui. Eu até o imprimi, na impressora. (Gosto tanto de ser loura, meu Deus! Claro que era na impressora!)
Remexo, remexo mas nada.
- Posso ver o triângulo e o colete?
- Mas para isso eu tenho de sair do carro!?
- ?!
- Tenho, não tenho?
- Pois...
Desligo o carro. Espeto-lhe o pacote do colete que está no porta-luvas. Saio do carro. O vento abre-me o vestido e cega-me com os cabelos que se colam no gloss. Esqueço-me de desligar o botão que desliga o trancamento de portas (trancamento?, hum...) e a bagageira não abre. Dou-lhe o kit da carrinha, ele que se desembrulhe.
- Ó! A senhora tem três coletes!
- Tenho? Onde?
Bom, parece que ando com três coletes e sem o malfadado papel do imposto. God!, muito eu gosto de trânsito, brigadas e 2ª Circular!

6 comentários:

A.B. disse...

Sério candidato ao seu post mais divertido. E não sei o que significa "jeder Popel fährt 'ne Opel"...

antonio - o implume disse...

Estou impressionado. Primeiro tu sabias de que documentos o polícia estava a falar, depois conseguiste localizar os items de sinalização rodoviária solicitados (e provavelmente até sabes pôr o triângulo em pé). Blonde, estou impressionado.

aNa disse...

Blonde,
esse papel do imposto de circulação não é obrigatório apresentar à polícia. eles é que têm a mania de fazer esse filme.
isso passou a ser da responsabilidade das finanças e só as finanças é que podem pedir o comprovativo do pagamento.
mas fiquei a saber a quem em socorrer quando tiver falta de coletes! :)

analima disse...

Um dos meus receios. :) Estou sempre a pensar para mim que hei-de verificar todas as coisas que tenho que apresentar numa situação dessas. Ainda não o fiz pelo que quando me acontecer andarei não sei quanto tempo à procura de tudo. Neste caso até correu tudo bem... :)

Kássia Kiss disse...

Gostei dos cabelos a colarem-se no gloss ;)

zana dias disse...

A Blonde de vestido aberto pelo vento...qual Marylin Monroe deste séc.!