23 de janeiro de 2011

Eleições e enfim

A Esquerda é uma mixórdia. Tanto candidato e só um de Direita, alguém se admira do resultado? E tanto candidato PS. Para quê? Eu tenho pena do people de Direita. Palavra. Em quem se vota caso não se gostasse do candidato? E tenho pena do people de Esquerda. Com tanta escolha a malta vota em quem?
Enfim, e tenho pena de mim. Lá vou eu cumprir com os meus deveres e direitos cívicos com o meu rico (que me saiu caro como o raio) Cartão de Cidadão e o que é que me pedem? Isso: o Cartão de Eleitor que me esburacaram e inutilizaram na Loja do Cidadão. Isto é normal? Não é, mas tratando-se de Portugal é. Valeu-me a costela germânica e, pelo sim pelo não, levei o cartão velhinho no bolso do casaco. O cartão esburacado que me permitiu tomar parte nos votos de eleições sem história.
Passemos ao FMI que o país já teve o interlúdio cómico antes da hecatombe.

5 comentários:

JonDays disse...

É de bradar aos céus! E o mais engraçado é que ainda disseram que a culpa era dos eleitores, pois estes, supostamente, deveriam ter investigado sobre as capacidades do seu cartão de cidadão! Este país é uma vergonha! E não é para quem tem cartão de cidadão! :))

Guilhim disse...

Eu à conta de ter todas as costelas tugas, fiquei uma hora à espera de saber qual era o meu número de eleitor... pior foi os que chegaram depois de mim... acho que não tiveram sorte nenhuma...

antonio - o implume disse...

Este país é uma eterna comédia... esse é o nosso segredo.

António de Almeida disse...

Havia um candidato de Direita? Não dei conta, vi 5 socialistas ou sociais-democratas a concorrerem, mais um pândego, por isso resolvi ficar em casa. Porque nenhum deles é liberal, todos querem mais Estado, farto do estado a que isto chegou, deixei-me ficar em casa, por acaso até saí, mas para ir ao cinema ver Woody Allen, bem mais interessante que escolher uma figura decorativa...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Já mandarm os emissários para eplorar caminho: a UEFA e a FIFA