17 de janeiro de 2011

No cabeleireiro

Depositam-me três revistas no colo enquanto me arranjam as melenas louras. Apetece-me dizer como o outro: "o choque..., o horror..., a tragédia". Isto a propósito, claro, do interesse voyeurista em torno do fait-divers pitoresco que nos tem ocupado os últimos dias.
Somos tão pequeninos, benza-nos Deus.

8 comentários:

antonio - o implume disse...

Óooo! E não contas nada? O que é que descobriste?

zana dias disse...

Só somos pequeninos quando nos ocupamos com coisas pequeninas!

Daniel Santos disse...

sorte a tua. Normalmente as revistas nesses locais e outros similares, estão atrasadas meses.

Ältere Leute disse...

E isso é só a 1ª parte. Prepare-se...

António de Almeida disse...

Pessoalmente não escrevi uma linha sobre o assunto, comentei apenas, mas há posts que passada uma semana, continuam a receber visitas e comentários. Pena que o debate nesta altura já tenha perdido toda a elevação, se é que a teve, com alguns trolls a descerem muito o nível...

Pedro disse...

confessa que adoras

Quint disse...

Sinto-me na obrigação de interromper o meu retiro ... mas não é que não há ninguém que seja capaz de nos dizer de que marca é o famoso saca-rolhas?

Goldfish disse...

Se fossemos só pequeninos...