3 de março de 2011

Mas ao menos mandamos nos líbios!


A Alemanha manda em nós. Os mercados mandam em nós. A Europa manda em nós. Até a FIFA manda em nós. Mas ao menos mandamos nos líbios! Coisa tão prestigiante presidir ao conselho da ONU responsável pelas sanções à Líbia. Prestigiante e importante. Vejam lá se meteram a Alemanha à frente? Não, que eles lá têm ministros plagiaristas de PhDs, os danados.
Olho para nós e vejo-nos assim: um galito depenado mas ainda muito senhor do seu brio. Podem levar-nos as penas todas mas a pose, jamais!

4 comentários:

Cristina Torrão disse...

Lol :D
A foto é o máximo!

Sim, o zu Guttenberg, que até é nobre e era o Ministro mais "amado" pelo público, parece que fez batota na sua tese de doutoramento. Mas admira-me a Universidade de Bayreuth não ter dado pela trapaça, na altura. Todos se atiram ao zu Guttenberg e ninguém se lembra de perguntar como é que a Uni de Bayreuth achou por bem premiar a batota!

António de Almeida disse...

Eu preferia que tivéssemos petróleo, já agora que tal exportarmos o Sócrates para a Líbia?

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Isso de mandarmos nos líbios ainda está por demonstrar... Quanto a mim a decisão foi estratégica e vamos sai chamuscados.

zana dias disse...

Acho q a pose, em determinadas situações, até pode ser determinante!