4 de abril de 2011

A PDI, o sável e a alimentação saudável


Isto é tudo uma injustiça.

Dia fantástico. Sítio fantástico. Almoço fantástico. Etc. fantástico. E passo o serão a tomar chá de Príncipe (que era o que a Mãe nos dava em pequenas quando estávamos mal-dispostas).

Tanto que me apetecia sável frito. Nem sei porquê, coisas de apetecimentos inusitados (deve ter sido por causa de uma reportagem que vi na TV). Sável seja. E foi. Frito. E eu nunca como fritos. Só três rodelinhas. E mais umas batatinhas deliciosas: fritas às rodelas (que nem pertenciam ao sável, mas a gula tem destas coisas).

A minha teoria é:


Tanta alimentação saudável, nem fritos, nem sal, nem alimentos processados e o resultado é que o organismo deixa, com certeza, de ser capaz de se dar bem com as coisas a que não está habituado. Acho que só voltarei a ter um apetecimento destes daqui a pelo menos dez anos.

Ai se não fosse o chá de Príncipe...

6 comentários:

Manuela disse...

Blondewithaphd, o que eu gosto de sável frito... :) Pronto já estou aqui a salivar...
As melhoras, minha querida.

antonio - o implume disse...

Porque te castigas dessa forma? Depois, o corpo e a alma ressentem-se de tanto pecar... três batatinhas fritas?

João Afonso Machado disse...

Sável frito só faz bem à saúde do corpo e sobretudo da alma.
Sem querer ser indiscreto, a foto não é o Douro, pois não? Talvez o Tejo ou o Sado.
O savel daí é muito pior.

Cristina Torrão disse...

Bem, não sei se é falta de hábito do organismo. E se o peixe soube bem, também não devia estar estragado. Pode é ter sido do óleo onde foi frito...

zana dias disse...

Não deixes de, de quando em vez, cometer pecadinhos destes...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ah, pois é... não sei se é da Primavera, mas o meu estômago hoje também se queixou lá no CR. e, por acaso, também comeu sável, mas sem as ditas batatas fritas a acompanhar. Trocou-as por umas migas de ovas, porque já está habituado a maus costumes.
Esqueci-me de lhe dar Chá de Príncipe,tomou chá verde... Está masi calmo.