22 de junho de 2011

Viver no campo é: receber da horta

Figos. Ameixas. Pimentos. Feijão verde. Ovos. Alhos. Pão.
Vieram cá dar-me tudo isto: fresco e biológico. Bom para o palato e a saúde. Fico sempre estupefacta por me encherem a casa com todas estas coisas boas que a terra dá. Onde é que há disto na cidade? Destas amizades?

4 comentários:

Manuela disse...

Querida Blonde, tens toda a razão! Mas espera pelos galos e galinhas vivas... eu nunca sei o que hei-de fazer com elas ;)

Ältere Leute disse...

Gosto de a ver assim... Não é que desconhecesse que é sensível à generosidade da Natureza - plena de dádivas para o corpo e para o espírito ! Mas fico mais segura do efeito positivo desse olhar em volta, para além dos "papers", das conferências, dos horários pesados e,quantas vezes, tão desgastantes!

António de Almeida disse...

Eu não moro no campo, mas num apartamento e também tenho essas coisas, que um casal amigo por vezes me traz... do campo!

zana dias disse...

Tenho a certeza q b retribuis em abundância!