21 de novembro de 2011

Disciplinar-me

Ando a ver se me disciplino para evitar telejornais e notícias de Portugal. Acho que, no meu caso, excesso de informação não é uma virtude, é uma doença e quero ver se me começo a curar.

9 comentários:

Daniel Santos disse...

pois não só não evito, mas absorvo tudo o que falam sobre Portugal.

luisa disse...

Pois... tudo deve ser tomado com conta, peso e medida. Até as notícias.

faa disse...

Há notícias que só nos fazem mal, pois ficamos parvos com o que vemos..

Mas mesmo assim, tento estar a par de tudo. :)

Olá Amor disse...

E fazes muito bem Blonde!! Já há cerca de um ano que o fiz também, e não foi por isso que deixei de adivinhar o triste estado a chegámos! E que infelizmente continuará por aí abaixo!!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Se conseguir, por favor envie-me a receita. Pode ser para o Café Central :-)

salto para a lua disse...

acho que percebo o que queres dizer. eu só vejo o telejornal (RTP1 e RTP2 às 22g) e mais nada. para me manter actualizada prefiro comprar e ler os jornais. a televisão está deprimente. ora são notícias de mais um país à beira da falência, ora o desemprego que dispara, o empobrecimento dos portugueses, doenças, corrupção...um fartote de desgraças. e por falar nisto vei-o agora à cabeça aquela música:

- o que falta é animar a malta, o que falta...

;)

Janita disse...

Olha Loura, disciplina-te e depois conta à gente, Ok?

Deixaste o 3...2...1, estagnar?

Chineses a mais, não? :-))

Leonor disse...

Depois conta como foi. Também preciso.

Daniel Santos disse...

o Pedro Rolo Duarte ontem na Antena1 disse que se inspirou neste teu texto para a crónica diária.