10 de março de 2012

Lugares de escrita

Engraçado como a escrita nos vem por fases, por hábitos e rotinas. Eu vou circulando aqui pela casa como se a cada vez que precise escrever longo me farte do sítio e não possa voltar.
Escrevi o mestrado no meu quarto, ainda esta casa era a nossa casa. Depois da tragédia, quando esta casa passou a ser minha, escrevi o doutoramento entre a antiga biblioteca do Pai e um escritório que eu fiz onde tinha sido o quarto dos pais e que, a bem dos meus fantasmas, tinha de ser remetido para o passado. As coisas pouco importantes escrevo-as na cozinha. Mas agora dou por mim a escrever no chão da sala de estar. Nem sequer é a posição mais confortável mas é aqui e assim que escrevo nesta fase. Sim, são fases...

4 comentários:

mfc disse...

As nossas rotinas são quebradas de onde em onde... tornando-se novas rotinas!
Beijos.

zana dias disse...

...as long as we feel comfortable!

Daniel Santos disse...

eu também gostava de saber escrever.

Peter disse...

Tens razão: "são fases". Eu só ontem e com o auxílio do técnico é que condegui voltar a pôr o blog em condições.
Deixei para aí um post sobre o estado miserável em que vivemos e que nos tira a vontade para tudo.

Vou aparecer mais por aqui.