25 de abril de 2012

Ao lume

Deram-me duas toneladas de lenha; nunca pensando, nem eu nem quem mas deu, que arderiam ainda este ano. Está farrusco, frio e feio. É Abril e o fogo arde. Lareira fora de época. Mas não fossem os tições e as chamas e o dia ainda estaria mais farrusco, mais frio e mais feio. 

8 comentários:

teardrop disse...

Estamos quase em Maio e parece que o Inverno acabou de chegar :(

zana dias disse...

Feriados à lareira...tão bom!;)

Turista disse...

Querida Blonde, por este caminho, ainda "vamos comer cerejas, ao borralho"! ;)

Eu Mesma! disse...

Eu tb ontem liguei a minha lareira... e sim... a 25 de Abril nunca imaginaria...

mfc disse...

Gosto de ouvir o crepitar da lenha!
Com uma lareira acesa nunca se está sózinho!
Beijos,

Maria disse...

Blonde:
Há muito que não vinha por cá, mas agora que não posso sair, vou tentar rever aqueles que há muito não vejo.
Começo por si.
Gosto duma lareira, duma manta no chão, um bom livro para ler, ou um serão bem passado ao pé da lareira com amigos.
Assim até o frio sabe bem em qualquer altura.
Até qualquer dia.

Leonor disse...

Eu só não acendi a minha porque não tinha lenha cá em casa mas bem me apeteceu :)
Beijinho

Ana FVP disse...

E eu que gosto tanto de uma boa lareira acesa :)