3 de abril de 2012

Pão de Mugron

 A ideia para este pão vem de Mugron, no País Basco francês. Aterrei lá sem saber como e tinha o Hemingway à espera, porque era numa crónica do Hemingway que eu me senti naqueles dias de festa e paganismo de touros e feiras. Encantei-me com o pão e prometi-me que ia tentar fazer um dos que eu mais gostei: pão com queijo de cabra e figos. Quase um ano depois tentei (à minha maneira e sem o brebis mas com mozarella).

Para máquina de pão
Ingredientes:
300ml de água
50ml de azeite
100grs. de farinha de centeio
400grs de farinha de trigo
Óregãos a gosto
1 col. de sopa de mozarella ralado
1/2 saqueta de fermento
10 figos secos cortados em pedacinhos
2 cols. de sopa de maozarella ralado

1. Colocar pela ordem indicada todos os ingredientes na máquina e reservar os figos cortados em pedaços e duas das colheres de mozarella ralado. Carregar no botão do programa normal.
2. Quando o programa apitar a meio da amassadura, juntar os figos embrulhados num pouco de farinha para não "afundarem" na massa.
3. No momento em que o programa estiver na parte da assadura, polvilhar com o mozarella para o pão ficar com um ar douradinho.


2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Belíssimo este novo visual Blonde. Parabéns!

mfc disse...

Gostei dessa alusão, quase sagrada, ao Hemingway...
Tenho uma fascinação muito particular pela sua pessoa e obra!