21 de maio de 2012

Regressar

Há sete anos que não estou cá no dia de anos da Mana. Há sete anos que chego por esta altura e vejo que o jardim despertou sem mim e se tornou exuberante de rosas e flores e verdes. Há onze anos que não ia a Niagara e estarreci com as pimbalhices com que americanos e canadianos se esforçam por comercializar as cataratas. Deu-me dó o turismo desenfreado. Regressei do sol e bom tempo num país de frio para a chuva e trovoada num país de sol. Ironias, quem sabe, de que algo de errado andamos a fazer. Regresso e, por aqui, o tempo arrasta-se em mais do mesmo e o sempre igual. Enfim, haja panquecas regadas a xarope...

4 comentários:

Francisco Nobre disse...

Pois que é verdade - muito lixo se faz no contexto americanizado da coisa....

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Há muito que Niagara Falls se tornaram demasiado turistizadas para o meu gosto. Infelizmente acontece o mesmo com as de Iguaçú que, em minha opinião são muito mais bonitas do que Niagara.
Bom regresso!
Já agora, aproveito para informá-la que tenho um novo blog só de crónicas. Entra-se pelo CR, ao cimo, na barra lateral direita :-)))

Tinta Permanente disse...

É muita panqueca! Um banquete! :D

João Afonso Machado disse...

Há muitos meses que não passava por aqui...
Mas verifico que continua atenta aos minutos da vida.
Parabéns.