12 de outubro de 2012

Como é que UE pode ganhar o Nobel da Paz?

Numa União Europeia cada vez mais desunida, como se explica que ganhe o Nobel da Paz. As ruas de Atenas ardem, a crise divide ostensivamente rico e pobres, os espectros passados de potências expansionistas levantam-se, a classes médias são fustigadas, o medo xenófobo de refugiados pede suspensões temporárias do espaço Schengen. Onde é que há aqui paz?

9 comentários:

Goldfish disse...

E em que é que a UE enquanto instituição promoveu a paz ultimamente? Bem sei que os países europeus não andam à carolada há décadas por causa da UE, mas olha que hoje parecem bem menos longe disso.

D.S. disse...

Há que por as coisas em perspetiva: http://www.guardian.co.uk/commentisfree/2012/sep/19/europe-paradise-on-earth

A Europa está a viver o seu período de paz mais longo da História, nunca houve 60 anos sem uma guerra entre França-Alemanha, Espanha-França, Inglaterra-França ou coisa que os valha. E a UE tem muito do crédito para tal. Pode-se discutir o timing e o motivo da entrega deste prémio, mas o mérito não.

luisa disse...

Que o prémio tenha também o mérito de manter essa paz.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É sórdido e (Ig)Nobel, mas sobre isso creio já ter dito tudo lá no CR. Excepto que, em 1939, Hitler foi candidato a Nobel da Paz e depois foi o que se viu. Assustador!
Bom fds

Just José disse...

Concordo totalmente com a D.S.

Carlos Oliveira, Hitler não chegou a ser candidato, foi proposto mas retirado, nunca apareceu em qualquer lista. Para além disso as propostas são livres.

Comparar a UE, da qual fazemos parte, a Hitler é tão descabido, bizarro e delirante que nem comento.

Peter disse...

Nobel da Paz para a UE? Só se fosse "Nobel dos tachos". Se te portas mal em Portugal vais para a UE.

Novo blog:
"novasconversasdexaxa"

Peter

Gilda disse...

Paz...?
Alguém, alguma vez, soube o que é a paz?
Em toda a minha vida ouvi falar em guerra, nunca em PAZ.
Não há paz no mundo, porque não há paz entre os seres que povoam a terra, desde os chamados
racionais aos irracionais.
Todos lutam entre si pelo que julgam seu, quando afinal nem do seu corpo são donos.

Gilda disse...

Porque convém...

Eduardo Saraiva disse...

Também não entendi mas .....