19 de fevereiro de 2013

A culpa foi de quem convidou o Ministro

Mas quem é que no seu juízo perfeito convida justo este Ministro, Dr. por equivalências, a ir a uma universidade onde o que as pessoas fazem é estudar?
Ainda estou parva... (com a ingenuidade do convite).

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ora é aí mesmo que está o ponto.
Na mouche!

L.S.A. disse...

E do Ministro que já devia esperar o resultado.
Tempos conturbados e Ministros sem pensar...!