6 de março de 2013

Com tanta gente a morrer na Síria

E os jornais embandeiraram a morte do Chávez. Isto, de facto, andamos com as prioridades morais todas trocadas.

2 comentários:

teardrop disse...

É verdade... Mais de 15 minutos de jornal a falar nisso!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Deve ser por se sentirem aliviados.
Chavez poderia ter muitos defeitos, mas amava o seu povo e teve uma influência determinante não só na Venezuela, como em toda a América Latina.
Na Síria, enquanto morrerem pessoas anónimas, ninguém liga nenhuma. Mas, infelizmente, não é só cá que isso se passa.