5 de junho de 2013

Agora é que é a sério

Até agora tenho sido só super-Tia para as visitas, os mimos, as doses homeopáticas das responsabilidades que uma criança dá. Só que veio a Margarida. Vinte dias de gente que precisa de atenção e resguardo 24/7. Quero ajudar a minha irmã e o meu cunhado para que possam descansar um pouco. Resolvi pedir-lhes o Manel durante o fim-de-semana passado.
- Mana, e tens sopa feita? E quem te fez a sopa? E vais estar sozinha o fim-de-semana? E não o deixes sair à rua sem protector solar e chapéu. E mais isto e mais aquilo.
Ouvi tudo. E o pai veio pôr o Manel e mais os seus dois anitos tagarelantes e super-desenvolvidos à casa da Tia. E a Tia saiu-se bem. E o Manel sobreviveu.
No Domingo, quando o pai o veio buscar, chegou a Lisboa a falar dos passarinhos e do Spotty da casa da Tia Bá. A Tia adorou ser Tia e acho que leva jeito. Um dia destes hão-de vir um Manel e uma Margarida passar o fim-de-semana com a Tia na casa que era dos Avós, que agora é da Tia e que um dia será deles. A Tia anda feliz...

3 comentários:

Ältere Leute disse...

E que bem lhe assenta o papel !!!
E quanto a essas recomendações e alertas... não se ofenda . Os paizinhos acham sempre que só eles é que sabem... ( do modo como se faz a sopa - de preferência sem sal,para não se habituarem...ah, e também não se lhes dá açúcar - não sei é como depois ficam gulosos por demais ! )

Francisco Nobre disse...

Pais têm de educar.

Tios e Avós ajudam a educar colocando a moderação necessária.

Beijos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Vai sentir falta dele este ffs, né?
Bomfds