17 de fevereiro de 2010

Purple Soup ou desastre culinário


Pois é, a culpa disto é ter-me saído bem nas panquecas e mais a palestra que tenho de escrever e tudo me servir de distracção. O culpado é o Prince, Symbol ou The Artist Formerly Known as Prince, ou o que é que ele se chama agora, porque em vez te ter cantado "Purple Rain" bem podia ter dito "Purple Soup" que é como eu tenho a cozinha neste momento (e a Paula vai de certeza matar-me quando cá vier! Mas de certeza. Por isso, consolem-se que este deve ser dos últimos posts desta minha encarnação na Terra).
Resolvi fazer sopa de... couve roxa. Só que o diabo da couve ocupou-me a panela toda e eu tive, literalmente, de enfiar o resto dos ingredientes à força lá para dentro (ao estilo de quem fecha uma mala cheia a abarrotar). Claro, quando ferveu entornou. Mas não contente com isso, esguichou silvos de líquido azul para tudo quanto é sítio na cozinha: azulejos, bancadas, fogão, chão e toda a parafernália de utensílios que habitualmente residem nas cozinhas. Está tudo roxo! A couve-flor ficou... roxa, o nabo ficou... roxo, a cenoura ficou... verde, o pano amarelo que eu usei para limpar aquela coisa toda ficou... preto e eu fiquei... azul! A Paula acho que vai ficar... furta-cores!
A sopa em si ficou de um azul meio esquisito e eu meio esquisita fico a olhar para ela. Ó céus, mania de inventar!!!!! O que me vale é que a Julia Childs ainda era pior do que eu, portanto... ainda há esperança.
Decididamente, não aconselho sopa de couve-roxa.

17 comentários:

Pedro Lopes disse...

além de culinária, tens arte na imagem
saiu bem, a fotografia, artística
not joking

Eu Mesma! disse...

sopa de couva roxa?
eis algo que nunca me passaria pela cabeça cozinhar!

:)

Goldfish disse...

Esta já não vai para os planos de fim-de-semana, sorry!

Vera disse...

Ai Ai...
se tivesses uma Bimby, nada disso aconteceria ;-)
bjs
ps - estou a brincar, mas é verdade!

Joaninha disse...

Sopa de couve roxa...Um dia tento! Só pela cor...é original...Estás em grande loira :)

beijos

António de Almeida disse...

Ora aí está um problema culinário que jamais me causará um desastre, fazer sopa, nem me atreveria...

Ferreira-Pinto disse...

Couve roxa?
Em sopa?
Pois ... ia lá lembrar isto a quem?
Noto ainda uma certa desactualização tecnológica nessa cozinha ...

antonio - o implume disse...

A ignorância é atrevida e por isso te lanças nestes desafios.... se não fosses tão cabeça dura, já tinhas lançado a mão à salvação de toda a inaptidão culinária: a milagrosa Bimbi!

Tenho dito.

Ferreira-Pinto disse...

Blonde, minha loira Blonde, a desadequação tecnológica da tua cozinha não há moço algum do Parlamento que ta resolva; já aqui o "James" ...

zana dias disse...

O que eu fiz anteontem foi massa com molho de tomate e couve roxa. Salpiquei-a com raspa de queijo e saiu uma boa combinação!
Acho a cor desta couve muito bonita e fora do comum!

Ferreira-Pinto disse...

"Milady", James atrever-se-ia a sugerir uma coisa destas, mais forno com carrinho (James supõe que "Milady" saiba o que é), mais umas outras coisas :))
Mas como James é só o mordomo e o mordomo é sempre o suspeito número um, não digo mais nada!

Daniel Santos disse...

brilhante momento culinário.

Ferreira-Pinto disse...

Miss Blonde even I, butler James, can use that kind of technology, so why shouldn't a phd learn how to operate such a simple thing? :))

Ältere Leute disse...

Andou aí uma certa falta de noção das proporções... É só escolher couve mais pequena ou panela maior...
Mas, valha a verdade, couve roxa só sabe a Rotkohl e reaviva a bela cor na salada alemã! Deixe lá a "adaptação" da dita à cozinha portuguesa que se dá melhor com "repolho" em cozido cozido ou a embrulhar salchichas frescas... (lombardo como dizem em Lisboa)!
Cuidado com a gordura na cozinha se se meter nestas confecções...É pior de limpar que a água roxa da sopa!

mdsol disse...

Oh minha Blondinha

O que eu me divirto com os teus posts sobre culinária...
Beijinhos

:)))

Djinn disse...

Couve-roxa que virou uma sopa azul????
Hmmm onde é que eu já vi isto, mas não era com couve...Ah já sei, no «Diário de Bridget Jones»!!

Não te preocupes todas temos os nossos desaires culinários uma vez por por outra!

Turmalina disse...

Lindona...da próxima vez tente as inofensivas e roliças beterrabas :o)