14 de maio de 2010

E o que é que eu retive da visita do Papa?

- Que o IVA vai subir;
- Que vou ficar com menos 45 euros no salário, mais coisa menos coisa (desconfio que para mais do que para menos);
- Que o matrimónio é indissolúvel (sim, por isso é que a Santa Sé vai levar com um certo pedido de nulidade de um certo não-casamento). E, desculpe lá Santo Padre, mas isto é de um atavismo medievo até dizer basta.

Ai, que fúrias, meu Deus!

5 comentários:

António de Almeida disse...

O matrimónio é indissolúvel mas a nulidade não é assim tão difícil de obter... :D Quanto ao resto, acabou o campeonato, vem aí o Rock in Rio seguido do Mundial, depois as férias...

antonio - o implume disse...

45 euros? Fizeste as contas? Não te prendas por coisa tão pouca...

Daniel Santos disse...

Estamos bem arranjados com estes descontos.

Eu Mesma! disse...

pois...
eu tb fiz as contas e nao achei piada...

alias...
eu ja nem achei piada o pessoal que trabalha no estado durante um dia e meio nao fazer um boi...

haja paciencia...

zana dias disse...

Não de perurbe o vosso coração!