21 de outubro de 2011

Folhas, folhas, folhas

Hoje acordei e a minha Casa tão fresca no Verão já tem aquele friozinho que os ingleses chamam "crisp". Sim, é um frio crocante. Levanto-me e calço peúgas. E procuro um robe esquecido. E o café hoje é mais quente. Oiço as folhas secas e grossas da nespereira a roçarem no empedrado do quintal. Fazem um barulho de roca quando são levadas em rodopio pelo vento antes de se amontoarem mortas pelos cantos. Gosto do som. Este ano não tenho saudades do Outono. Não me apetece castanhas, nem lareira, nem dias de casa. Não sei porquê mas queria mais sol e a Casa fresca sem estar fria. Não antecipo em contentamento o bom do Natal. Só queria mais calor e dias longos. Não sei porquê. E se eu for morar para a Flórida? E como é que eu levava esta Casa para St. Augustine? Acho que vem aí o Outono e este ano não me apetece nada...

5 comentários:

Turista disse...

Querida Blonde, eu acho é que vem aí o Inverno, vais ver! Nem temos Outono, este ano! :P

Leonor disse...

Por mim ficávamos assim o resto do ano, ameno e tranquilo. Esqueçamos o Natal :(

Cristina Torrão disse...

Outra vez com vontade de fugir?

Como se vê na próxima postagem, o Outono tem as suas vantagens ;)

Turmalina disse...

Troquemos então de lugar por uns tempos...logo ,logo, estará desejando novamente o Outono.

João Azevedo disse...

ai tanta folha que há aqui no Norte