6 de fevereiro de 2008

Go and multiply...


This is one of those things that you only learn from very light reading in airplanes, live your whole life without knowing and still be happy.

Apparently the Russians are so worried about their low birth rates that they now have a National Conception Day on the 12th September. So, if you're in Russia you can skip work and do your share in contributing for the national population increase.

At least the Russians are taking (desperate) measures. And us?

20 comentários:

quintarantino disse...

Now Miss what weird ideas did you get on that flight?
Oh, sorry, I taught one was speaking only of sex, but no ... we are talking about birth, going and multiplying ... oh, even so ... I'm sorry, twins at home and a jeaulous wife ... no, I guess she wouldn´t let me go and multiply anywhere ...
[sorry for this simply idiot and jackass comment, but I'm in a good mood]

Blondewithaphd disse...

Good for u! And man, who said I got any ideas? That's too much altitude for my thoughts;)

(But even so, I read some very bizarre statistics about the places in which people like to multiply: planes being a very popular spot! I think it was in Visão or Sábado or some of the trash we take inflight)

antonio disse...

Ouvi dizer que as casas de banho dos aviões são muito apertadas...

Se aplicassem por cá a ideia, faltávamos ao emprego, dedicávamo-nos ao deboche, mas sempre com a nossa baixa produtividade final...

António de Almeida disse...

-O melhor que faço nos aviões é dormir se a viajem for de noite, ou colocar uns óculos escuros e dormir se a viagem for de dia. Bem, já consegui ler uma vez um livro, quando regressava do Brasil, mas deve ter sido a única coisa interessante que fiz até hoje, comer a bordo é horrivel, ler, normalmente há muito barulho, aquela vez foi única, não me consigo concentrar. Quanto ás baixas taxas de natalidade, pois, também não contribuí para a sua melhoria...

bluegift disse...

Tadinhos dos russos... com um país impressionantemente enorme e um racismo deplorável, só poderiam andar a clamar por mais e mais descendência. Não me parece que vão ter sorte e ainda bem...

Então, já vi que essa viagem foi muito inspiradora :))

Quint,
Bem podias ir dar uma ajudinha aos coitadinhos dos russos; por uma boa causa afinal! Estou certa que a tua partner iria entender ;)

Blondewithaphd disse...

Dear António,
I hate to agree with you but... good point man!!!! Low productivity?! What a cracker;)

(Yep, I also wonder how 2 fit the WC cabin in a plane, but you know how wild imagination can be...)

Blondewithaphd disse...

Dear Antonio de Almeida,
Join the club in all aspects! No reading, no sleeping, no eating, no nothing in planes, a lot of boredom. And no multiplying, in the biblical sense, that is;)

Blondewithaphd disse...

Dear Blue,
How I missed your so peculiar good sense of humour! Glad to be back girl;)
Well, I don't pity those Russian fellows.
Don't make Quinn stray from his good ways, you naughty, naughty girl;) (read with immense irony)

(You know, when I get to get lost in my favourite bookshops and buy two baskets full of books, yes I call that inspiring - hubby dear calls it a pain to get all the loooong way to the airport:))

nuno boavida disse...

Us? we don't like planning eh eh

Tiago R. Cardoso disse...

Temos de ver a situação pelo excelente lado positivo, existirá melhor razão para se faltar ao emprego ?

quintarantino disse...

Blue, if I was allowed to go to Russia you shouldn't put your money on me ... I couldn´t afford to pay all the alimony ... and, between us, I'd rather go around watching Saint Petersburg or Moscow!
You are a naughty one ...

joshua disse...

Blondezinha, eu sou um fervoroso adepto do Crescei e Multiplicai-vos porque é o Melhor da Vida multiplicar Amor e não subsidiar a solidão e também porque me parece um factor de sobrevivência a médio e longo prazo das nossas nações Euro-Ocidentais em face dos movimentos migratórios Sul-Norte e sobretudo da pressão demográfica de quase todo o Islão e de quase todo o Terceiro Mundo e, claro, naturalmente, mas menos cultural e civilizacionalmente fracturante, também da Índia e da China.

Há quem não pense nisso (talvez quando os nossos governos resolverem esse Aborto, que é o Défice, passem a pensar em salvar a nação portuguesa moribunda de esse ponto de vista, com incentivos natalistas que a resgatem da Velhice Geracional Galopante.)

E a lição Russa é uma boa e imaginativa lição. Outros Povos têm em vista suplantar-nos precisamente pela demografia porque o nosso individualismo é para eles uma fragilidade.

Tenho feito a minha parte e pretendo a torto e a direito continuar a fazer a minha parte.

A minha filha morena e linda há-de ser, com a Graça de Deus e entusiasmada cooperação da minha esposa, um magnífico e deslumbrante-cabelo-encaracoladamente-começo-de-conversa, com os seus olhinhos espertos e expressivos a dizer muitas vezes «Ó Pai e Papai!».

Acho os vôos magníficas oportunidades para reflectir, ler com prazer, e obviamente para Copular com Doçura, mas só nos A380.

Não aproveites, não!

PALAVROSSAVRVS REX

João Castanhinha disse...

Lindo como o Joshua consegue em qualquer comentário fazer um apanhado de TODOS os males do nosso mundo!
Espectacular!:)

Blondewithaphd disse...

Dear Nuno,
And that's also what makes life fun, right?

Blondewithaphd disse...

Dear Tiago,
Skipping work, hein? I see your point!!!

Blondewithaphd disse...

Dear Quinn,
I've been told St. Petersburg is lovelier than Moscow... hehehe!!

Blondewithaphd disse...

Josh dear,
You beat me in that department (the multiplying thing, that is), but I agree with you that this is serious business in our Old World. Funny enough I once went to a wedding ceremony in which the priest actually told the blissful couple that they should multiply before our country was taken over by the Moroccans!!! This was about 10 years ago, I'm wondering what he would have said now...

Blondewithaphd disse...

Dear Jedi,
Yep, Josh does have a gift!

C Valente disse...

Saudações amigas

Blondewithaphd disse...

Greetings CValante.