16 de novembro de 2010

E como será a minha vida?

Deu-me para pensar na questão porque a Turmalina disse lá no sítio dela que aprende com a minha maneira de viver. Engraçado, nunca pensei no que é que pensa quem lê o que lê quando por aqui passa. Como será essa minha vida? Que espécie de pessoa será esta? Como é que se dará consistência de vida e de gente às imagens parcelares que aqui deixo? Será que me lêem numa aproximação àquilo que sou? Ou far-me-ão uma fabricação? Não adivinham, por exemplo, que ontem fui ver uma exposição ao CCB e comprar pastéis de Belém a horas mortas. Não saberão mais do que o crivo que aqui deixo. Mas, mesmo assim, o suficiente para eu ter uma vida. Curioso como me deu para pensar...

10 comentários:

Eu Mesma! disse...

Sabes uma coisa....
eu acho que sim... que marcamos a vida de quem nos lê...

mais profundamente ou menos profundamente... da mesma forma que alguém que nós lêmos nos marca...

uns dias sim... os teus posts tb a mim dizem algo...

:)

sem-se-ver disse...

o que só diz como é uma pessoa inteligente: ter ido a uma exposição e comprar pasteis de belém a horas mortas

:)

antonio - o implume disse...

Na realidade tu precisas de nós para testemunharmos nessa realidade. Sem nós, a Blonde entraria em recessão.

Salvador disse...

Boa noite, Blonde... ))

Sou-lhe franco: Fico-me apenas pelos textos, sejam eles sob a forma de post, crónica ou livro. Nunca, em momento algum, tive curiosidade pela vida do autor/a.

Daniel Santos disse...

pelo que tu escreves, pelo que contas, criei a pessoa na minha mente. Modestamente acho que não devo andar longe... ou se calhar ando.

zana dias disse...

Desejo que seja boa!

Ältere Leute disse...

Pois...não sei como será que se "corporiza" a Blonde, só a partir do blogue: falta-me a objectividade!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Duvida que deixamos sempre uma marca do nosso estilo de vida nos blogs?

Djinn disse...

É de facto curioso porque desde um primeiro momento que ao ler algumas coisas, me identifico com elas, talvez porque tenhamos passado por algumas situações parecidas...
Eu leio muito poucos blogs e comento ainda em menos, penso que é uma forma de contacto com o mundo que nos rodeia e com as pessoas. Cada blog é um mundo que reflecte pequenos momentos de cada pessoa que o escreve, é como se fosse um puzzle, podem ser pensamentos, reflexões, gostos, desabafos...cada blog é um gigantesco diário mais ou menos intimista que se partilha...

Turmalina disse...

Acho que cada um de nós faz uma idéia de quem lemos, por mais ou menos que a pessoa se mostre.
Vejo uma Blonde de sorriso discreto e elegante, que chora baixinho e sozinha em alguns de seus piores momentos, como quem não quer incomodar.
Uma mulher respeitada na profissão que escolheu e que se arrisca na cozinha.Gosto dos resultados e até hoje fico com água na boca ao pensar no doce de marmelos.
Uma mulher bonita e inteligente, que respeita o próximo como gosta de ser respeitada.E principalmente alguém com princípios.
Muitas vezes quase uma menina, naturalmente vaidosa sem aqueles artificialismos todos, que se entrega aos afetos devagarzinho.
Se esta é ou não a Blonde eu não sei, mas é a Blonde que aprendi a gostar!